Meditação para o Dia 06 de Julho

1. Ainda que haja muitas inclinações e paixões no coração, é uma delas que procura dominar as outras. Qual será em ti essa inclinação predominante? Facilmente a conhecerás, se refletires bem. Quais sãos as faltas de que em todas as confissões tens de acusar-te? De que te deverias corrigir, se tivesses o salutar costume de um exame de consciência, feito com regularidade todas as noites? Que é o que mais ocupa os teus pensamentos? Que é que outros em ti censuram? Que é o que com vigor sempre novo se manifesta? Responde, e saberás qual o defeito que em ti predomina.

2. É de decisiva importância atacar e vencer a inclinação predominante. Ela é o centro onde se reúnem todos os germes das doenças espirituais. Subjugada ela, mais fácil será a vitória sobre as demais paixões. Quão duradoura será esta vitória, se faltarem às paixões aliadas aquela que as liga umas às outras! Subjugado por uma paixão, esta o fará seu escravo, humilhando-te cada vez mais e levando-te, afinal, à perdição certa. Um apóstolo, cativo desordenadamente do dinheiro, tornou-se ladrão, traidor de Deus e suicida; e dele diz Jesus:

“Bom lhe fora a tal homem que nunca houvesse nascido!”

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 202)