1. Admirável é a vinda do Espírito Santo. Baixa do trono do Altíssimo a segunda Pessoa da Santíssima Trindade e tudo é humildade, abatimento; vem a terceira Pessoa e tudo é estrondo, maravilha, publicidade. Jesus escolheu um pobre lugar, fora de belém; o Espírito Santo, a capital; Jesus veio de noite; o Espírito Santo, em pleno dia; a vinda de Jesus foi presenciada pela pobre mãe, a do Espírito Santo, por todo o povo, vindo das diversas partes do país. Na vinda de Jesus, Deus manifestou seu infinito amor; hoje, também sua tremenda majestade.

2. a) São admiráveis os efeitos da vinda do Espírito Santo. Três anos estiveram os apóstolos na escola de Jesus, e no fim deste tempo, quanta ignorância ainda! Agora basta-lhes um dia, para saírem explicando as Escrituras e propagando a luz que superabundante lhes foi dada.

b) Antes da vinda do Espírito Santo, quanta fraqueza nos apóstolos, quão pouca virtude! Disputaram o primeiro lugar, não creram, fugiram na Paixão. São Pedro negou seu Mestre… E agora? A ninguém temem. Pregam diante dos inimigos. Alegres suportam perseguições, cárceres e açoites pelo nome de Deus. Que frutos produziu o Espírito Santo em ti? Preparaste-te para a sua vinda como os apóstolos?

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 171)