Paciência e Humildade de Jesus

Meditação para Dia 01 de Abril

1. E quando soube que era da jurisdição de Herodes, remeteu-o ao mesmo Herodes“. Que paciência e humildade sem par de Jesus! Que iniquidade do juiz! Este não quis condenar a Jesus, porque conheceu sua inocência, mas também não ousou livrá-lo por temor humano. O respeito humano, postergando a Deus, quer livrar-se de apuros. Lembra-te, entretanto, que só um juiz te julgará: Deus!

2. a)Herodes, tendo visto a Jesus, folgou muito… e esperava vê-lo fazer algum milagre“. Não era santo este desejo de Herodes, pois só visava a satisfação de sua curiosidade. É sempre pura tua intenção, na leitura, nas relações com o próximo e em todas as tuas obras?

b) Jesus mostrou paciência e humildade admiráveis. Eis aí o milagre pedido. Herodes não o percebeu, “mas fez escárnio dEle, mandando-o vestir de uma túnica”. A infinita Sabedoria não recusa levar o nome e o sinal de louco.

E tu? Por que tanta susceptibilidade em vista de tal exemplo! Por que falar em tua dignidade, quando Jesus se cala!

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 106)

2 Comments

  1. Luiz César Fernandes da Costa

    1 abril, 2017 at 15:19

    Que surpresa boa! A Divina Providência, ao terminar de assistir palestra do Padre Paulo Ricardo, “aparece” imagem desse site. Curioso, vim e, Deus seja louvado!

  2. Gabriel

    3 abril, 2017 at 19:09

    Bendito seja Deus! Espero que possa aproveitar bem os conteúdos aqui disponíveis meu irmão.

    Fique com Deus e o amor de Maria Santíssima, causa da nossa alegria!
    Fraterno abraço

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© 2017 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑