Meditação para o Dia 28 de Abril

1. a)Assim como o Pai me enviou, assim eu vos envio“. Jesus nomeia os apóstolos seus representantes. Quanto amor não teve a todos, providenciando nessa ocasião para todo o futuro! A Jesus se devem os benefícios emanados do sacerdócio da Santa Igreja, durante tantos séculos. Não é grande ingratidão esquecê-los?

b)Recebei o Espírito Santo“. Jesus fortificou seus apóstolos para sua árdua missão: Possuis ainda a vida da graça pelo Espírito Santo, que te foi dada no batismo e, novamente, em tantas confissões? A que grau de santidade chegarias, se correspondesses a todas as suas iluminações?

2) O amor de Jesus foi mais além:

“Aqueles a quem perdoardes os pecados, serão perdoados”

Deus infinito, ofendido por nós, envia-nos a fracos homens, aos quais dá o poder de perdoar em seu lugar. Quanta facilidade para obter o perdão! Se para o perdão exigisse o sacrifício da vida, da fortuna, de toda a espécie de comodidade, ser-nos-ia lícito queixarmo-nos? Agradece de coração este divino benefício de que tanto precisas e sem o qual não te salvarás; mostra-te digno dele pela melhor disposição possível.

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 133)