Meditação para o Dia 01 de Junho

1. Junho é o mês do Sagrado Coração de Jesus. A devoção a este Sagrado Coração tem por fim assemelhar o próprio coração ao de Jesus. Bem ordenado o coração, o homem todo é bom. O coração é o símbolo dos afetos. Mau coração – mau homem; coração generoso, homem generoso. Deve-se adoração ao coração corporal de Jesus, porquanto é unido à Sua divindade. Nele se basearam os mais santos afetos que jamais houve e as mais sublimes virtudes que o mundo viu. Que fonte de bênçãos pode por isso ser a todos a veneração deste Sagrado Coração!

2. Queres conhecer o Coração do Salvador? Vê-O submisso ao Pai, feito vítima da Divina Justiça; Ele vive só pela honra de Deus, vendo-Se carregado das culpas humanas; é o foco de amor aos homens, amor que guiou seus passos, inspirou-lhe as palavras, carregou-o com a cruz, fê-lo suportar resignação tão incrível ingratidão; humilhou-o no Tabernáculo; amor sem medida, sem cansaço, amor para com todos, amor sem fim. Tal coração não será capaz de prender-te em vínculos de amor? Não será digno de imitação? Não merecerá gratidão infinda?

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 167)