Meditação para o Dia 08 de Junho

1. O Dom do Conselho ajuda as luzes da razão com as luzes melhores da sabedoria que vem lá de cima. Ele ensina a aproveitar tudo para um tríplice fim: a salvação própria, a santificação dos outros e o adiantamento da obra de Deus. Antes de terem recebido este dom, os apóstolos pediram fogo do céu para que destruísse Samaria, que recusava acolher o Salvador; depois de terem recebido o Dom do Conselho, suportaram tudo, desprezo, ultrajes e perseguições com paciência e resignação. A falta do Dom do Conselho fará cair em muitas culpas.

2. O Dom da Sabedoria se manifesta, segundo São Bernardo, no desgosto das coisas do mundo, e no gosto pelas coisas de Deus. Este dom dá um inexprimível prazer em pensar em Deus e falar com Ele. A terra, com tudo quanto oferece, torna-se insípida. A sabedoria dá mais complacência em fazer, por amor de Deus, as coisas mais desprezíveis, do quem trazer cetros e coroas. A pobreza torna-se por ela um tesouro, as austeridades um gozo, os sofrimentos uma felicidade, as afrontas uma glória. O tempo parece uma sombra passageira; só a eternidade é conhecida como digna de ocupar todo o pensamento.

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 174)