Meditação para o Dia 25 de Agosto

1. Jesus e o demônio disputam a posse de tua alma. Este, e os demais anjos caídos, não cessam de promover tentações e ciladas a todos. São eles que te fazem estimar demasiadamente os bens da terra, honras, divertimentos, prazeres da carne e a satisfação da própria vontade. Que te aproveita ganhar o mundo inteiro, se vieres a perder a tua alma? Teus inimigos, conhecendo o nenhum valor dos prazeres da terra, com astúcia afastam todo o pensamento na eternidade e na vaidade do mundo. Foges de fato e sempre das ciladas dos inimigos infernais?

2. Jesus não promete riquezas, honras vãs, prazeres e sensualidades. Pelo contrário, chama de bem-aventurados os pobres, os humildes e pacíficos, os que sofrem com resignação, os castos. Pertences a Jesus, de quem deves ser? Vê se és pobre, humilde, pacífico, arrependido dos pecados e casto. Deves ser de Jesus, pois ninguém fez mais por ti, do que Ele, e longe de Jesus só há eterna infelicidade. Quanto mais te venceres a ti mesmo, mais pertencerás a Ele. Amas a cruz?

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 252)