Meditação para Dia 24 de Fevereiro

1. Jesus, que sempre fugira às aclamações do povo, prepara tudo para uma entrada triunfal em Jerusalém. Efetua-a com aparato, não obstante sua humildade e modéstia. O que não terá sentido, no meio das aclamações, Ele, que prevê o futuro e sabia como seria tratado poucos dias depois! Nada se dá sem que a Providência o queira. Deus transformou o coração do povo, para que não receasse mais os fariseus, cujo ódio contra Jesus era por todos conhecido. Confia também em Deus, a quem exclusivamente deves temer. Querendo, Ele mudará intenções e corações.

2. “Eis que o teu Rei aí vem a ti, cheio de mansidão”. Os judeus, desta vez, o receberam dignamente, aclamando-o seu Messias prometido e testemunhando-lhe respeito e amor.

“Uma grande multidão de povo estendeu seus mantos pelo caminho; outros cortavam ramos de árvores e com eles juncavam a estrada”

O que fazes tu, quando teu Rei vem a ti, na Santa Comunhão? Deixarás excederem-te em zelo e amor os judeus? E já não te lembras de tarde dAquele que, de manhã, te honrou com sua visita?

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 69)