Meditação para o Dia 29 de Novembro

1. O reino dos céus é semelhante a um homem, pai de família, que ao romper da manhã saiu a contratar operários para a sua vinha“. Deus é este pai de família que saiu já de manhã na terceira, sexta e ainda nona e undécima hora a procurar-te. És fiel operário de Deus? Ele já te chamou ao romper da manhã: em tua infância; convidou-te de novo na terceira hora: em tua mocidade; reiterou o convite na sexta e nona hora: na idade madura; chamar-te-á ainda na undécima hora? Não é certo, se desprezares os primeiros convites.

2. a) No fim da tarde o senhor da vinha disse ao mordomo: ‘Chama os operários e paga-lhes o jornal’“. O fim da tarde é o fim da vida. Que consolo ouvir então: “Paga-lhes o jornal!“. Pensa frequentemente na recompensa do céu, para animar-te a ser sempre fiel a Deus.

b) Todos receberam o mesmo prêmio. Deus olha não tanto para a longa duração do trabalho, quanto para a intenção pura. Esta será tão difícil? Podes ainda ganhar muitos, se, pelo menos desde agora, fores fiel no mínimo.

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 348)