Meditação para Dia 24 de Março

1. Um dos quadrilheiros que se achavam presentes deu uma bofetada em Jesus, dizendo: ‘Assim é que tu respondes ao pontífice?’“.

“O céu assustou-se, – diz São Crisóstomo – e a terra toda tremeu com tal insolência do servo”

E que aconteceu? Jesus não se vingou, como bem o podia. Admirável paciência e humildade do Filho de Deus! Não te envergonhas por te zangares tão facilmente com qualquer ofensa, menosprezo, ou simples falta de atenção, quando Jesus te dá tal exemplo?
2. a)Disse-lhe Jesus: Se eu falei mal, dá testemunho do mal; mas se falei bem, por que me bates?“. Jesus se defende com toda a mansidão e humildade, para não ser suspeito de ter faltado ao respeito devido ao pontífice. Aprende de Jesus a defender-te quando preciso, e o modo digno e justo de fazê-lo.

b) Jesus falou bem e foi esbofeteado. Tu falas do próximo, faltando à caridade, senão à própria justiça, e levas a mal quando te pagam com a mesma moeda. Se por tua língua pecas, pode Jesus perguntar-te de novo:

“Por que me bates?”

Evita os pecados da língua com especial cuidado.

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 98)