Meditação para Dia 15 de Março

1. E posto em agonia, orava Jesus com maior insistência“. Por um lado Jesus receava a paixão; por outro desejava-a, combatendo o próprio medo. Muitas vezes terás de lutar contra a lei da carne, para que prevaleça a do espírito. Toma Jesus por teu exemplo. Quanto maior forem tua aflição e confusão, mais ardentemente deves rezar. Como rezas? Quantas vezes? Pedes, nas horas de calma do espírito, a indispensável força para as horas de desgosto e tentações? Lembra-te, no combate, que Deus te vê. Testemunha de teu proceder, reservar-te-á a coroa, se fores bom combatente.

2.E veio-lhe um suor, como de gotas de sangue, que corria sobre a terra“.

Com santa comoção contempla o triste estado do Filho de Deus que por ti sofre. Tu estavas doente; Ele, derramando abundante suor de sangue, sarou-te o mal. Tu eras culpado; Ele sofre o castigo que te era devido. Como mostraste até hoje tua gratidão? Tu pertences, por acaso, aos ingratos? Por amor dEle não receies nem fadiga, nem suor, nem perda do próprio sangue, quando se tratar do seu serviço.

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 89)