Meditação para Dia 12 de Fevereiro

1. Os pais de Jesus, não contentes com uma simples visita ao templo de Jerusalém, demoraram na cidade santa durante todos os oito dias de festa. Só depois puseram-se a caminho de volta. Quando rezas ou cumpres outra obrigação religiosa, não abrevias o tempo? Nunca o fizeste? Não deixaste, às vezes, de cumprir obrigações tuas por motivos fúteis, por comodidade? Cada momento, tirado a Deus, inquietar-te-á ao morrer. Devias considerar preciosos, e prolongar o mais possível os momentos da conversação com Deus.

2. O zelo de Jesus é tão grande que ficou no templo, ainda que bem previsse a aflição extrema da Santíssima Virgem e de São José. Quis dar a entender que tinha outro Pai no céu, ao qual, para salvar os homens, se sujeitava, sem atender excessivamente a vínculos de sangue e de amizade. Repara que a todos, sem exceção, Jesus dirige esta palavra:

“Se alguém vem a mim, e não renuncia a seu pai e sua mãe, a sua mulher e filhos, a seus irmãos e irmãs, até mesmo a sua vida, não pode ser meu discípulo”

Ofender a Deus para atender a alguma criatura sua, não deixa de ser pecado e de merecer castigo.

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 57)