Meditação para o Dia 15 de Outubro

1. Santa Teresa é a Santa da oração. Pela oração a alma entra em relações íntimas com Deus. Santa Teresa, já quando criança, teve por esse santo exercício tão ardente desejo do martírio, que tentou ir à Mourama para derramar seu sangue por Jesus. Fez em seguida do seu jardim um deserto, do seu quarto um oratório, do seu coração um altar, e do seu corpo e de sua alma as vítimas a oferecer cada dia a Deus. Nas tentações e nas necessidades recorria à oração, não a deixando nunca, nem quando nada sentia de consolações divinas. E tu?… Quanto te custa, às vezes, esperar o fim duma oração em comum!

2. Santa Teresa não foi a única que tirou fruto de sua oração; toda a Santa Igreja dela aproveitou. Fruto da assídua oração da Santa foram seus imortais escritos, que tanto bem já causaram. Fruto da constante comunicação com Deus foram os seus trabalhos, coroados do melhor êxito, em prol da Ordem do Carmo. Fruto de suas orações foi a conversão de inúmeros pecadores, que à Santa devem hoje sua glória no céu. Quanto poderias fazer por Deus, por ti e pelo próximo, se praticasses mais a oração!

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 303)