Meditação para o Dia 30 de Agosto

1. Santa Rosa de Lima é a Padroeira da América do Sul. A Santa, quando ainda tenra criança, já mostrava uma abnegação singular, não se queixando nunca nas dolorosas operações às quais teve de sujeitar-se. Devendo, por ordem terminante de sua mãe, enfeitar-se, teceu, na coroa de flores que lhe deram, espinhos, os quais, penetrando em sua cabeça, lhe causaram dores quase insuportáveis. Recolhendo-se, aos 21 anos de idade, a um lugar ermo, entregou-se ali a incríveis práticas de penitência. Tal é o modelo; qual é a tua semelhança com ele?

2. Se uma virgem de vida ilibada cingia a fronte com espinhos, flagelava o corpo até correr sangue, jejuava até quase cair desfalecida, qual a penitência que te convém a ti? Se menos fazes, será porque menos precises de penitência? Quanta confusão sentirás um dia, quando Deus confrontar tua vida sensual com os rigores desta Santa e de tantos outros servos de Deus, de constituição fraca, mas de vontade férrea! Tão graves mortificações não são de lei; mas seria demais teres paciência para com o próximo, nos desgostos e no trabalho, e fazeres pequenos sacrifícios?

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 257)