Meditação para o Dia 05 de Novembro

1. E eis que uma mulher cananéia, saída daqueles confins, gritou, dizendo-lhe: Senhor, Filho de Davi, tem compaixão de mim; minha filha está muito atormentada de demônio. Mas Ele não lhe respondeu palavra“. Quanta fé numa pagã! Contenta-se em expor sua necessidade e segue a Jesus, apesar de ver-se repelida.

“Eu não fui enviado – diz Jesus – senão às ovelhas que se perderam da casa de Israel”

Mas ela veio e o adorou, dizendo:

“Senhor, valei-me”

Mostras igual fé e perseverança?

2. A cananéia redobra de humildade e, quando advertida de que os gentios para os judeus são como na casa os cães em relação aos filhos do dono, replica, simplesmente, não pedir o pão que pertence aos filhos, mas querer só as migalhes que caem da mesa e que não se negam aos cãezinhos. Jesus, enternecido por tanta humildade e confiança, lhe disse: “Ó mulher, grande é a tua fé; faça-se contigo como queres”; e ficou sã a sua filha desde aquela hora. Compenetra-se, antes de tudo, de tuas necessidades espirituais, que carecem de providências urgentes. Se então rezares, como a cananéia, experimentarás efeitos igualmente grandes.

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 324)