Meditação para Dia 07 de Janeiro

1. a) Os santos reis não vieram de mãos vazias. Para dar expressão aos sentimentos de respeito e amor que lhes iam n’alma, ofereceram ricos e dignos presentes. Recebes constantemente de Deus: nunca lhe queres retribuir?

b) Os magos oferecem ouro, como mimo de insigne valor. Jesus te deu na terra o mimo da verdadeira fé e dará depois o da eterna bem-aventurança. Deus sempre excede nossa generosidade.

“Pouco prometemos, diz São Francisco, mais nos foi prometido”

2. a) Ainda hoje Jesus pode ser encontrado e presenteado.

“O que fazeis a um destes meus irmãos mais pobres, a mim o fazeis”

Esmola não é só a moeda que se oferece ao indigente, é o consolo dado ao aflito, o olhar amigo a quem carece de animação, a instrução facultada aos ignorantes, o bom conselho dado aos que erram, a oração feita por vivos e mortos. Por tudo Deus paga o cêntuplo. Quantas ocasiões por dia!

b) São até mais meritórias estas obras de caridade dispensadas aos nossos irmãos, do que se fossem feitas à própria pessoa de Jesus, porque nelas sobrevém ainda o mérito da fé. Nunca repeles a Jesus na pessoa de teu próximo?

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 21)