Meditação para o Dia 08 de Novembro

1. a) E vieram a Betsaida, e lhe trouxeram um cego, rogando-lhe que o tocasse. E, tomando o cego pela mão, o levou fora da aldeia“. Betsaida não mais merecia ser o cenário de um novo milagre, porque, apesar de numerosos milagres, não creu em Jesus. Daí a terrível palavra do Salvador:

“Ai de ti, Betsaida! Que, se em Tiro e Sidônia se tivessem feito as maravilhas que se fizeram em ti, muito tempo há que elas teriam feito penitência em cilício e em cinza”

Qual será tua responsabilidade, visto seres testemunha de inúmeros milagres?

b) Ainda assim, Jesus não se negou a fazer o bem e a curar, embora o fizesse fora da aldeia. Quanta bondade!

2. a) “Cuspiu no chão, fez com a saliva um lodo e aplicou-o aos olhos”. Querendo sarar espiritualmente, deves sujeitar-te a todos os meios prescritos, por mais humilhantes que sejam e por mais que te contrariem.

b) Jesus curou este cego aos poucos, fazendo-o a princípio divisar só os vultos e depois claramente os objetos e as pessoas, fortificando nele a fé. Deus observa mutias vezes a mesma ordem, para fins idênticos, na cura das enfermidades da alma. Continua, pois, a rezar por ti e por todos os teus, cuja salvação eterna está em perigo.

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 327)