Meditação para o Dia 24 de Abril

1. a)Madalena voltou-se para trás e viu Jesus em pé: e não sabia que era Ele“.

Tão perto estava Jesus de Madalena, que, solícita, o procurava. Jesus nunca está longe daqueles que o procuram com todo o coração. Se perseverares em ir à sua procura, o acharás.

b) Disse-lhe Jesus:

“Mulher, por que choras? A quem procuras?”

Que ternas palavras! Não obstante, Madalena não o conhece. Jesus, por perto que esteja, às vezes se esconde, deixando em tristeza a alma, para lhe aumentar o desejo de o encontrar e possuí-lo e ficar com Ele.

2.Ela, julgando que era o hortelão, lhe disse: ‘Senhor, se tu o tiraste, dize-me onde o puseste, e eu o levarei‘”. Madalena só em Jesus pensava; por isso nem repara que com suas palavras não menciona nem o nome daquele a quem procura, como se todos estivessem preocupados com o mesmo. Diz-se pronta para levar o corpo do Senhor, não receando os judeus furiosos, os soldados romanos e sua falta de força. Ao verdadeiro amor nada é demasiado.

Amas a Deus como Madalena?

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 129)