Meditação para Dia 12 de Março

1. “Serei para todos vós uma ocasião de escândalo nesta noite”. Jesus predisse que os apóstolos não perseverariam na fidelidade. Uma coisa é pensar no perigo, na perseguição e na morte, outra é vê-la presente. Mil vezes fizeste o propósito de não ofender a Deus, por mais que te custasse, e, entretanto, por tão pouco caíste. Vive, pois, em santo temor; não confies nas próprias forças e em tua firme vontade, mas na graça de Deus. Humilha-te, sobretudo na confissão, em face dos pecados cometidos; aliás não deixes de agradecer a Deus, que te preservou de faltas ainda mais numerosas e mais graves.

2. “E, respondendo, Pedro disse-lhe: Ainda que todos contigo te escandalizem, nunca me escandalizarei eu“. Esta resposta mostra o zelo do apóstolo, mas um zelo não unido à devida humildade. Pedro ousou responder incrédulo à Eterna Verdade, opor-se ao bom Mestre, seduzindo com seu exemplo os demais apóstolos. “E todos os mais discípulos disseram o mesmo”. Não teria caído, se tivesse dito:

“Dá-me, Senhor, tua graça, para que eu não me escandalize, ainda que todos os outros o façam”

Julgou-se, porém, melhor que os outros e caiu. Aprende dele o que não deves fazer.

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 86)