Meditação para o Dia 03 de Agosto

1. Não é a mesma coisa crer e ter uma fé viva.

“O justo vive pela fé”

A fé viva compenetrar-te-á das verdades eternas, de modo que sirvam de norma a todo o teu proceder. Na tentação a fé viva te faz lembrar: Deus me vê; eu ofenderia a meu Pai, benfeitor e tudo? Eu me exporia ao perigo de cair no inferno? O mundo engana com promessas vãs; a fé avisa: Só o eterno tem valor. Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se vier a perder a alma? Tens esta fé realmente viva?

2. Deus te manda alguma cruz: a fé te faz levantar os olhos a Jesus Crucificado. A semelhança com Ele tranquiliza e consola-te; não queiras descer dessa cruz; antes exclama: Ainda mais, Senhor.

– Pagam-te com ingratidão? O espírito da fé mostra-te que Deus, e tão somente Ele, é amigo sempre fiel.

– Sofres muito? A fé te lembra que deus poderia livrar-te e que, se não o faz, é só para teu maior bem.

– Custa-te ser obediente? A fé recorda que teus superiores são os representantes de Deus, a quem na pessoa deles tens de obedecer.

– Vêm-te sentimentos de raiva, de desafeto? A fé te diz: Somos todos filhos do mesmo Pai…

Tiras esse proveito da fé?

Voltar para o Índice de Meditações Diárias do Frei Pedro Sinzig

(Sinzig, Frei Pedro. Breves Meditações para todos os Dias do Ano. 8ª Ed. Editora Vozes, 1944, p. 230)