Parte V
Capítulo VIII

Depois de reconheceres o teu estado, excita em tua alma estes afetos:

Se fizeste algum progresso, por pouco que seja, agradece a Deus e reconhece que O deves unicamente a Sua misericórdia.

Humilha-te diante de Deus, protestando que é por tua culpa que não tens adiantado mais, porque não correspondeste com fidelidade, ânimo e constância as suas inspirações, luzes e moções, quer na oração quer fora dela.

Promete-Lhe louvar eternamente as graças pelas quais Ele operou em ti essas melhoras.

Pede-Lhe perdão por tua infidelidade, oferece-Lhe teu coração, suplicando-Lhe tomar posse dele e torná-lo fiel.

Invoca a Santíssima Virgem, teu anjo da guarda, os santos e principalmente teu padroeiro, São José e os outros.

Voltar para o Índice de Filotéia ou a Introdução à Vida Devota

(SALES, São Francisco de. Filoteia ou a Introdução à Vida Devota. Editora Vozes, 8ª ed., 1958, p. 352-353)