Meditação para o Dia 29 de Março

Entre as provações das almas generosas, as tentações são das mais duras, constituindo verdadeiro martírio. Elas são variadas e terríveis. E mais hoje do que em tempo algum. Tentações contra a fé, produzidas pelo demônio ou sugeridos pela atmosfera materialista que nos cerca, tentações contra a esperança, tentações de desânimo. Tentações contra a caridade. Que luta, meu Deus! O Inferno parece, às vezes, todo contra nós!… Dolorosas provas! Como vencê-las? Quando a veemência da tentação nos assalta, é imperiosa, domina-nos, fazendo-nos sentir como que abandonados do Céu! Principalmente nas tentações impuras. Então é que a confiança e a coragem nos são absolutamente necessárias. Nosso Senhor não nos abandona. Deixa-nos lutar para que seja provada nossa virtude. Não nos perturbe o horror das tentações. Santa Catarina de Sena e Santa Ângela de Foligno, duas almas virgens e seráficas, foram provadas pelas mais horríveis tentações de impureza. Depois da tempestade de uma tentação impura, queixou-se Santa Catarina de Sena a Jesus:

Onde estavas, meu Jesus, durante essa tempestade?

E Jesus lhe disse com amor:

No meio de teu coração!

Assim vos responderá também Nosso Senhor, ó almas tentadas, depois de cada provação. Coragem! São Vicente de Paulo e Santa Teresinha sofreram, durante longos anos, as mais terríveis tentações contra a fé, tentações de materialismo e descrença. E venceram. Receberam as tentações com paciência e calma, porém, sempre dispostos a resisti-las. A inquietação é pior. Confiança e Amor! Combatamos cheios de coragem o inimigo, porém sempre calmos e confiantes!

Voltar para o Índice do Breviário da Confiança

(Brandão, Ascânio. Breviário da Confiança: Pensamentos para cada dia do ano. Oficinas Gráficas “Ave-Maria”, 1936, p. 100)