Meditação para o Dia 26 de Abril

O bem-aventurado Henrique Suzo era um apaixonado amante da cruz. Sua vida foi um martírio contínuo. Eis as palavras de conforto que o Beato dirigia sempre aos que sofriam:

“Se estais doentes, regozijai-vos, porque o Senhor está pensando em vós”

“Cada enfermo se julga o mais enfermo, cada pobre, o mais indigente. E nem um nem outro pensa em encher as mãos com os tesouros da graça que nos vêm pelo sofrimento”

“O sofrimento é o exercício mais salutar que Deus impõe à nossa alma e ao nosso corpo. E é mais difícil sofrer com paciência e em silêncio do que fazer milagres, mesmo o de ressuscitar os mortos”

“Quando Jesus Cristo vos deixa sofrer sem consolação, como Ele sofreu no Jardim das Oliveiras, não a procureis fora do Seu coração cheio de dor. Quereis gozar, quando Jesus sua sangue, para expiar os nossos prazeres culpáveis?”

“Para o enfermo, a mais bela das ocupações e das artes deve ser a dos atos de resignação, enquanto espera pacientemente o socorro do Céu”

Guardemos sempre tão belos pensamentos, que tanto nos podem ajudar no tempo das provações, isto é, quando Nosso Senhor pensa em nós e nos acha dignos de sofrer alguma coisa por seu amor. Na verdade, é tão grande e preciosa a graça de sofrer, que não a merecemos!

Voltar para o Índice do Breviário da Confiança

(Brandão, Ascânio. Breviário da Confiança: Pensamentos para cada dia do ano. Oficinas Gráficas “Ave-Maria”, 1936, p. 129)