No Céu verei Maria!

Meditação para o Dia 11 de Maio

É a mais consoladora esperança. No Céu, lá na pátria bem-aventurada, onde não haverá mais luto, nem prantos, nem dores, nem enfermidades: lá onde a felicidade é eterna, verei Maria, minha Mãe, meu doce refúgio! Consoladora verdadeira! Oh! Tenhamos paciência no exílio. A vida passa tão depressa! Suportemos pacientemente as trevas desta noite, em péssima hospedaria, no dizer de Santa Teresa. Logo, no dia eterno e esplendoroso do Céu, veremos Nossa Senhora, a beleza e o encanto do Paraíso!

Santa Bernadete sofria ao pensar no Céu. Tinha uma saudade imensa de Nossa Senhora! Ouviram-na murmurar na agonia:

“O Céu! O Céu! Trabalhemos para o Céu! Soframos pelo Céu! O resto nada vale!”

E acrescentava:

“Oh! Nossa Senhora é tão bela que, depois que a vimos uma vez, custa suportar a vida até de novo a rever no Céu!”

Sim, a Virgem Santíssima, ideal de beleza e de amor, beleza imaterial e sublime, é o Paraíso no Paraíso! Vale sofrer um pouco neste mundo, para poder contemplá-la no Céu! Se soubéssemos! Cantemos com o povo:

“Com minha Mãe estarei,
Em seu coração terno!
Em seu colo materno,
Sem fim, descansarei!”

Quando, minha Mãe, terei essa ventura e poderei cantar eternamente vossas misericórdias? Quando?!…

Voltar para o Índice do Breviário da Confiança

(Brandão, Ascânio. Breviário da Confiança: Pensamentos para cada dia do ano. Oficinas Gráficas “Ave-Maria”, 1936, p. 146)

2 Comments

  1. Gabriel, descobri somente hoje o seu blog. É muito rico e pretendo recorrer a ele sempre. Fique com Deus.

  2. Gabriel

    13 maio, 2018 at 9:21

    Salve Maria!
    Bendito seja Deus!
    Que este apostolado lhe seja uma fonte para crescimento de vida cristã, meu irmão.
    Fraterno abraço!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© 2018 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑