Meditação para o Dia 06 de Março

Toda santidade consiste em fazer a vontade de Deus. A santidade é a perfeição. Amar a Deus quer dizer: cumprir em tudo a Sua Santíssima Vontade. Já o provamos e é de fé. Portanto, fazer tudo o que Deus quer e querer tudo o que Deus faz, é viver como os anjos, que executam sempre, e com perfeição, as ordens do Senhor. Nas trevas, em que se agita a nossa existência, temos um mérito superior ao dos anjos, porque executamos a vontade de Deus na luta, entre inimigos terríveis, que a combatem a cada instante.

“Às vezes – dizia Santa Teresinha – custa à nossa fraqueza dar a Nosso Senhor aquilo que Ele pede. E, porque custa, é meritório e precioso o nosso sacrifício. No Céu, é bem recompensada a alma que, neste mundo, lutou para abraçar e cumprir em tudo a Vontade Santíssima de Deus. Um dia, a Bem-aventurada Estefania de Soncino, dominicana, foi levada ao Céu, em êxtase, e viu diversas pessoas que conheceu na terra colocadas entre os serafins. Foi-lhe revelado que elas estavam em grau tão sublime de glória pela perfeita união de suas vontades com a de Deus!”

A vida dos serafins é a vida do Amor, na glória. A vida das almas abandonadas à Vontade de Deus e a vida do amor, na terra. Vida seráfica. Não quereis pertencer ao coro dos serafins da terra?

Voltar para o Índice do Breviário da Confiança

(Brandão, Ascânio. Breviário da Confiança: Pensamentos para cada dia do ano. Oficinas Gráficas “Ave-Maria”, 1936, p. 77)