Author: Gabriel (page 2 of 106)

Virtudes de São João Batista

Meditação para o Dia 13 de Setembro

1. Os judeus de Jerusalém enviaram sacerdotes e levitas a São João, a perguntar-lhe:

“Tu quem és?”

São João impôs-se a todos pela santidade de sua vida e pelo sucesso de seus sermões. Falando de si, chamava-se “a voz que clama no deserto“, ainda que o próprio Jesus dele houvesse dito que era mais do que profeta. Como falas tu de ti? Não te glorias de bens, qualidades ou talentos que te foram dados por Deus? Desta ou daquela virtude real ou aparente? Responde com sinceridade à pergunta:

“Quem és tu em verdade, isto é, aos olhos de Deus?”

Continue a ler

Jesus é Tentado

Meditação para o Dia 12 de Setembro

1. O demônio, aproveitando a fome de Jesus, após seu jejum de quarenta dias, tentou-o para que convertesse pedras em pão; mas Jesus replicou com as palavras da Santa Escritura:

“Não só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai de Deus”

Também tu nunca viverás no rigor da palavra, se não procurares ter relações íntimas com Deus. Bens terrenos jamais matarão a sede de felicidade que sente o coração, nem consolarão nas horas de dor e menos ainda afastarão o sofrimento e a morte. Aprecias devidamente a palavra de Deus, a propagação de seu reino e a salvação de tua alma? Ou preferes a tudo isso gozos da terra? Continue a ler

Jesus vai ao Deserto e é Tentado

Meditação para o Dia 11 de Setembro

1. Depois do batismo “foi Jesus levado pelo espírito ao deserto“, subtraindo-se assim às homenagens que talvez lhe teriam prestado pela vinda do Espírito Santo e pela voz celestial que se fizera ouvir. Foges, como Jesus, às honras mundanas, ou antes as procuras, entristecendo-te quando não te dão a importância que teu coração reclama? Quanta diferença entre ti e teu Salvador! Ele merecia ser honrado e evitava-o, e tu? Entretanto, só quem se humilha será exaltado. Não farás exceção a esta regra! Continue a ler

Jesus é Batizado

Meditação para o Dia 10 de Setembro

1. a) Jesus começou sua vida pública com um ato de grande humildade. Ele, sendo Deus, dirigiu-se, como se fosse um pecador, a uma das suas criaturas, João batista, para ser batizado. Jesus, o Justo, quis ser tido por pecador, e tu, o pecador, queres ser tido por mais do que és?

b) São João disse a Jesus:

“Eu devo ser batizado por ti e tu vens a mim?”

Se São João julgou dever ser purificado, que dirás tu, que não és tão inocente, nem tão penitente como ele? Continue a ler

Ser Apóstolo

Meditação para o Dia 09 de Setembro

1. Ser-te-á suficiente não escandalizar a ninguém e não concorrer para a perdição do próximo? Terás por meritório não ter precipitado a ninguém na água ou no abismo? Se alguém, lutando com as ondas, precisar do teu socorro, negar-lho-ás? Não! Tão pouco podes ser indiferente quanto à sorte de tantas almas. Ou ousarás dizer:

“Por ventura sou eu o guarda de meu irmão?”

Que seria de ti, se Jesus, se os apóstolos e teus diretores espirituais assim tivessem falado! Deves fazer, pela alma do próximo, quanto permitirem tuas forças. Continue a ler

Natividade de Nossa Senhora

Meditação para o Dia 08 de Setembro

1. O próprio Deus deve alegrar-se em Maria, que hoje nasceu. Ele não podia criar alguém com quem entrasse em relações mais íntimas do que com ela. Maria, por sua dignidade de todo excepcional e única, é dotada de todas as perfeições corporais e espirituais, é “cheia de graça”, criatura em que Deus Pai vê sua Filha; Deus Filho, sua Mãe; o Espírito Santo, sua Esposa. Ainda é criança, e a Santíssima trindade já a contempla com suma complacência. Que espetáculo maravilhoso para todos os anjos do céu! Que dignidade a de Mara Santíssima, tua Mãe; sim, tua! Continue a ler

O Bom Sofrimento

Meditação para o Dia 07 de Setembro

1. Deus castiga a quem ama. Se bem conhecesses o valor do sofrimento resignado, jamais terias inveja dos chamados felizes da terra; antes terias pena do perigo em que estão. A prosperidade leva muitas vezes ao esquecimento de Deus; o sofrimento dá humildade, faz olhar para o céu e afasta da terra e de seus bens. A cruz do sofrimento faz semelhante a Jesus e dá direito a recompensas eternas.

“Não podem ser comparados os desgostos deste tempo com a glória futura que será manifestada em mim”

Continue a ler

A Mortificação

Meditação para o Dia 06 de Setembro

1. O verdadeiro amor a Deus não descansa. Quem ama a Deus não se contenta em sofrer com paciência o que lhe sobrevém, mas procura, ao menos algumas vezes, o que dói e o que contraria a natureza corrompida… Vê os Santos. Que engenhosos não foram em descobrir o que contrariasse a sensualidade! Não se limitaram à defesa, foram ao ataque. Sentiam as dores, mas fitaram o olhar no exemplo inexcedível, em Jesus, procurando tornar-se semelhantes a Ele. Continue a ler

Deus no Coração

Meditação para o Dia 05 de Setembro

1. Como o corpo carece de alimento para que possa viver, assim a alma precisa da graça da oração e das íntimas relações com Deus. Não será como que cego espiritualmente quem, por dias inteiros, não olha para Deus, presente em seu coração? Não será surdo, quem nunca ouve suas inspirações? Não será mudo, quem não sabe falar a Ele? Não será sem sentimento, quem não admira a grandeza, a santidade, a bondade de Deus? Continue a ler

Como Rezar

Meditação para o Dia 04 de Setembro

1. Deus não manda nada que seja impossível. Podes, pois, fazer o que Ele diz:

“Importa orar sempre, não cessar de o fazer”

A oração não depende de fórmulas, de palavras, da posição do corpo, de lugares e tempos. Cada voo espiritual ao céu é uma oração, porque cada um tem por fim aproximar-te de Deus. Deus, como espírito, está presente em todo lugar, e por isso é testemunha de cada pensamento teu e de teu desejo de lhe agradar. Não podes sempre rezar com a boca, mas sim com o coração, conservando nele, carinhosamente, grande afeição a Deus. Continue a ler

Artigos antigos Artigos recentes

© 2017 Rumo à Santidade

Theme by Anders NorenUp ↑